RECONSTRUÇÃO MAMÁRIA

Dignidade e Qualidade de Vida !

Câncer de mama é uma doença devastadora. Causa sequelas emocionais e físicas muito grandes. 

O papel do cirurgião plástico é orientar e apoiar a paciente neste momento, esclarecendo duvidas sobre as possibilidades de reconstrução adequadas à realidade da situação. 

Existem muitas opções de reconstrução e cada uma está indicada caso a caso. 

São elas:

  

1. TRAM - Retalho do músculo reto abdominal transverso

- Opção consagrada, em que é utilizada a musculatura da parede abdominal associada a um segmento de pele para reconstruir a mama. Geralmente dispensa o uso de implantes mamários de silicone. 

2. LATÍSSIMO DO DORSO - Retalho de músculo das costas

-Opção quando  não existem  tecidos no local da mastectomia ou não foi possível a realização da reconstrução imediata.

Geralmente necessita de expansores teciduais ou implantes mamários. 

3. EXPANSOR TECIDUAL - Implante inflável

Podem ser permanentes ou temporários. 

Geralmente são utilizados quando não existe quantidade de pele ou musculatura para cobertura adequada do implante de silicone. São necessárias sessões de expansão pós operatória e eventualmente um segundo procedimento cirúrgico para simetrização mamária.

Geralmente são utilizados no plano submuscular.